A Música a Serviço da Obra Missionária

      Queridos Leitores,

           Aproveito esse espaço do blog para falar com todos vocês, que patilham comigo o amor pela música e pelo Evangelho, sobre um projeto muito interessante que pode divulgar a Igreja de forma muito positiva para a comunidade. Mas antes, preciso contar algumas coisas…

           Eu sou gaúcha, mas já moro no Rio de Janeiro há pouco mais de três anos e pertenço a Ala Botafogo, na Estaca Andaraí. A região que abrange a Ala é difícil para o trabalho missionário, já que são muitos prédios e pouquíssimas casas (impossibilitando a abordagem de  “bater portas”). Já a abordagem na rua é prejudicada porque as pessoas estão sempre com pressa e, com o problema da violência urbana, evitam de parar para conversar com estranhos, mesmo que esses “estranhos” sejam adoráveis missionárias de tempo integral. Sem falar que nos bairros de classe média e média-alta, ou naqueles em que os atrativos das belezas naturais da cidade maravilhosa estão mais acessíveis, o trabalho da igreja fica mais complicado ainda. Os batismos são fruto quase que exclusivamente dos esforços de membros que falam da Igreja para seus amigos e vizinhos. Por muitas vezes as maravilhosas sísteres visitam-nos pedindo para que indiquemos pessoas para elas ensinarem. Eu e meu marido, bem como outras pessoas de nossa unidade temos falado com muitas pessoas, ainda que não demosntrem tanto interesse. Temos  orado muito pela obra missionária e pelo crescimento da Igreja em nossa região. Então….eis que surge uma oportunidade de contribuir, nem que seja um pouquinho com esse trabalho!

           Um amigo meu violonista não membro chamado Jorge Santos, soube que de vez em quando eu e meu marido promovíamos algumas apresentações musicais informais na igreja. Ele então sugeriu de fazermos uma série  e organizarmos uma temporada de um ano de recitais com músicos profissionais que desejassem divulgar seu trabalho de forma gratuita. Apresentamos o projeto para o Bispo e ele adorou, apoiou totalmente e agora estamos dando início a esse trabalho. A idéia é, além de promover jovens músicos em início de carreira e formar platéia para a música clássica, levar o nome da Igreja aos bairros da nossa Ala e possibilitar que as pessoas vão até lá. O que pode acontecer depois disso nós vamos ver…

           A divulgação está sendo feita em vários veículos de mídia que envolvam os interessados nesse tipo de música e também dentro da própria igreja. Os membros devem ir e levar amigos e parentes não membros. Confeccionamos cartazes e convites coloridos em papel de ótima qualidade e fizemos um blog. O primeiro recital acontecerá dia 27 de março. Na abertura o bispado fará as boas vindas e ao final os não membros receberão um cartão da amizade e os músicos, que também não são membros, receberão um kit com um Livro de Mórmon e outros panfletos sobre a igreja. As sísteres estarão pela capela, para fazer contato com os possíveis interessados em saber mais sobre a igreja. Enfim, acho que valerá a pela!

           Fica essa idéia para outras unidades que talvez enfrentem os mesmos problemas e também tenham o desejo de usar a boa música como uma forma de propagar o Evangelho!!

          Clique no link abaixo para acessar o blog:

SÉRIE PRISMAS MUSICAIS – Recitais de Música Clássica no Rio de Janeiro

           Um grande abraço,

       Mirka.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: